Home

 

O Sindicato dos Comerciários de Fortaleza através de sua Coordenação  Jurídica realizou na tarde de ontem, terça-feira (12), na sede da entidade,  uma palestra sobre “Interdito Proibitório” com o ex-presidente nacional da Ordem  dos Advogados do Brasil-OAB e atual presidente da Comissão Especial de  Mobilização para a Reforma Política do Conselho Federal da Ordem dos Advogados, Dr. Cezar Britto, ministrou a palestra, que destacou a exploração do trabalho e a competitividade das empresas.

 

Na mesa de abertura contou com a presença do presidente do Sindicato dos Comerciários, Sr. Francisco Gonçalves Monteiro, que na ocasião agradeceu a presença de todos e todas e destacou o papel dos sindicalistas “Nosso dever é solucionar os problemas de conflitos entre empresa e empregado, o direito de greve vem sendo extremamente prejudicado…” reforça Gonçalves em sua explanação.

 

Regulamentado pela Constituição de 1988, o direito de greve foi uma das  maiores conquistas dos trabalhadores e, consequentemente do movimento  sindical nos últimos 20 anos. Porém, se no passado, a prática era considerada ilegal, hoje há um instrumento que vem ferindo este direito dos trabalhadores como explica o Dr. Cezar Britto, para ele, o interdito proibitório é um atentado aos trabalhadores (as), só serve para condenar os dirigentes sindicais, e  reforçar a exploração da riqueza dentro da capital “Não se ensina direito  sindical nas faculdades, porque, quanto mais conhecemos o nosso direito,  mais lutamos por ela”. “O movimento precisa de unidade de classe, o interdito proibitório é um reflexo do pensamento conservador da burguesia, é o imperialismo da elite brasileira. Com a burocracia da justiça do trabalho, é impossível dispensar a presença dos advogados porque dificulta o processo,  além disso, a CLT é “velhinha”, é “caduca” só faz revogar, flexibilizar os direitos  dos trabalhadores (as).

 

O advogado reforçou ainda, a importância da luta dos sindicalistas dentro dos órgãos judiciais “os sindicatos precisam intensificar a luta também dentro dos juizados especializados, na justiça do trabalho.  Angariar espaços e autonomia sindical”. Disse Cézar Britto.

 

O evento contou com a presença da presidente da Comissão de Direito do  Trabalho, Katianne Wirna, que ressaltou: “É preciso intensificar e consolidar o posicionamento da lei do trabalho…”

 

Leia mais...

 

 

 

Em repúdio aos ataques cometidos por Israel, a CUT Ceará lança nota em apoio ao povo palestino

 

A Central Única dos Trabalhadores do Ceará – CUT/CE vem a público manifestar total solidariedade ao povo palestino que mais uma vez está sendo alvo de ataques de Israel. Somos contra a ofensiva militar israelense que está sendo lançada contra o povo palestino em especial na Faixa de Gaza.

 

Consideramos uma agressão mortal esse poderio militar com ataques devastadores, assassinatos e mutilações de centenas de crianças inocentes e com a devastação de moradias, escolas e hospitais. Tudo está sendo destruído covardemente com a cooperação e cumplicidade dos Estados Unidos e da União Europeia. Acreditamos que tais atitudes são crimes de guerra contra a humanidade.

 

A CUT/CE expressa sua profunda preocupação e indignação contra a crescente agressividade dos aliados e protetores das forças de ocupação israelenses – a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) e os Estados Unidos. O histórico de Israel na prática de crimes contra a humanidade está repleto de semelhantes ataques mortais.

 

O bombardeio à Faixa de Gaza só demonstra a necessidade do reconhecimento do Estado Palestino. Apoiamos plenamente a criação e o reconhecimento de um Estado independente da Palestina, dentro das fronteiras de 1967 e com Jerusalém Oriental como sua capital!

 

Pelo fim imediato dos ataques israelenses no território palestino da Faixa de Gaza!

 

Fortaleza, 23 de julho de 2014

Central Única dos Trabalhadores do Ceará

 

Fonte: CUT Ceará

 
Busca
Visualização

Para ampliar a visualização do site, aperte em conjunto as teclas Ctrl e +. Para reduzir,  Ctrl e -.

Cadastro de email



Enquete
O que voce achou do resultado da Campanha Salarial Unificada/2014?